arte&vida

Desenho Aleatório

  • Croqui de interação da obra Desenho Aleatório, 2011. Arte de Zimaldo Bactéria.
  • Ano 2011
  • Técnica Programação
  • Linguagem Processing
  • Participações:
  • XI Bienal do Recôncavo
    VISIO.: Março 2012

 

O registro gráfico
da performance do participante

O Desenho Aleatório Colaborativo Sem as Mãos é uma instalação interativa que realiza o registro gráfico da performance do participante. A partir do gesto deste diante a uma web cam, um desenho e traçado no monitor a sua frente. A obra tem um caráter efêmero, pois a imagem dificilmente será repetida e ao final da interação uma única cópia é impressa e o arquivo gerado é apagado definitivamente.

Este foi o meu primeiro trabalho em linguagem de programação Processing e foi inspirado em um antigo brinquedo de parques de diversão que criava pinturas aleatórias. Era uma máquina semelhante a de fazer algodão doce, que no lugar do copo de colocar o açúcar tinha uma bandeja onde uma folha de papel é presa. A pintura é criada pela forca centrífuga que espalha a tinta que é aplicada tanto com a máquina parada quanto em funcionamento. Na atualidade, o artista britânico Damian Hirst utiliza técnica semelhante em seus “spin paintings“, realizados sobre una superfície giratória, além de utilizar aleatoriedade em seus “spot paintings“, círculos coloridos aleatoriamente.

A instalação consiste em uma televisão de 40” como suporte para o desenho, webcam para captura de movimentos, computador rodando a linguagem de programação Processing com o programa Desenho Aleatório Colaborativo sem as Mãos e uma impressora.

Croqui

Esquema de interação da instalação.

O programa desenha a partir de um ponto aleatório e dos pontos gerados pela detecção de faces. Quanto mais faces, mais linhas são traçadas. O participante não tem total controle sobre a imagem gerada, pois o programa interfere na sua ação, impossibilitando a previsibilidade. O resultado é o registro gráfico da performance do fruidor, já que o desenho é feito a partir da ação de quem aprecia a obra.

O código inicial do Desenho Aleatório Colaborativo sem as mãos foi desenvolvido na disciplina Tópicos Especiais em Artemídia II do Curso de Bacharelado em Artes Visuais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB com orientação do Professor Jarbas Jácome.

RandomDraw

O primeiro protótipo do Desenho Aleatório Colaborativo Sem as Mãos foi o RandomDraw. Código base para a implementação da classe responsável pelo traçado do desenho, esse código desenha linhas a partir do clique do mouse e um ponto aleatório sorteado pelo código. Essa foi a primeira tentativa de imitar o efeito da máquina de pintura.

Clique na área cinza para fazer o seu Desenho Aleatório. Os comandos abaixo do quadro podem ser utilizados para alterar o traço e salvar o desenho.

Controles:
[ . ] Aumentar espessura    [ 1 ] Vermelho   [ 3 ] Azul      [ 9 ] Randômico
[ , ] Diminuir espessura       [ 2 ] Verde            [ 0 ] Preto   [ s ] Salvar

Veja o código comentado:

//Declaração da espessura
int espessura;

//Declaração de váriaveis
float noiseX=0.0;
float noiseY=0.0;
int contador = 0;
int r = 0;
int g = 0;
int b = 0;

void setup ()
{
  //Tamanho e espessura inicial
  size (800,500);
  espessura=1;
}
void draw()
{
  noiseX = noiseX + .01;
  noiseY = noiseY + .01;
  strokeWeight (espessura);
  float n = noise(noiseX) * width;
  float m = noise(noiseY) * height;
  if (mousePressed)
  {
    stroke(r*random(-1.2, 1.2), 
    g*random(-1.2, 1.2), b*random(-1.2, 1.2));
    line (mouseX, mouseY, n, m);
  }
}

void keyPressed ()
{
  if (key == '.')
  {
    espessura++;
  }
  else if (key == ',' && espessura > 1)
  {
  espessura--;
  }
 else if (key == '1')
  {
  r = 255;
  g = 0;
  b = 0;
  }
 else if (key == '2')
  {
  r = 0;
  g = 255;
  b = 0;
  }
 else if (key == '3')
  {
  r = 0;
  g = 0;
  b = 255;
  }
 else if (key == '0')
  {
  r = 0;
  g = 0;
  b = 0;
  }
 else if (key == '9')
  {
  r = 255;
  g = 255;
  b = 255;
  }
 else if (key == 's')
  {
    save("Random" + contador + ".gif");
    contador++;
  }
}

Atualmente o projeto Desenho Aleatório Colaborativo Sem as Mãos está aguardando a próxima atulização, tanto da interface, quanto dos recursos artísticos oferecidos ao usuário. A ideia é aproximar ainda mais o participante da sensação vivenciada com a antiga máquina de pintura dos parques de diversão. Veja a seguir o código final do Desenho Aleatório Colaborativo Sem as Mãos que foi apresentado na Bienal do Recôncavo:

Chamo atenção que o código foi desenvolvido para a versão Processing 2 e que são necessária as bibliotecas OpenCV, para o reconhecimento facial, e o Processing PDF, para gerar o arquivo que será enviado para impressão via script de automatização do sistema.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE