Oficinas de Gravura da Exposição
Navio Negreiro

Levando a arte da gravura para os quatro cantos da Bahia

Vídeo realizado durante a oficina de Gravuras da Exposição Navio Negreiro no Teatro Dona Canô em Santo Amaro-Bahia. Imagens e Edição Diego Santoro/Centro De Memória da Bahia.

ONavioNegreiro CARDS13 394x512 - Oficinas de Gravura da Exposição <br />Navio Negreiro


Desde o dia 09 de novembro de 2017 está circulando pelo estado da Bahia a Exposição Navio Negreiro – Castro Alves & Hansen Bahia, que traz a série de xilogravuras do artista germânico Karl Heinz Hansen, intituladas por ele de “Caminho das Lágrimas”, com curadoria de Ayrson Heráclito, a exposição passou por 10 cidades baianas. Em paralelo à exposição estão sendo realizadas oficinas de gravura nas técnicas de xilografia e linografia ministradas por Zimaldo Melo.

Vale ressaltar a importância desta ação que leva a diferentes regiões do Estado a obra do artista alemão, naturalizado brasileiro, que adotou o estado da Bahia como lar e que tão bem retratou a nossa terra com seu traço expressionista, típico dos alemães. Nesta série que compõe a exposição Navio Negreiro – Castro Alves & Hansen Bahia, o artista nos revela com esta serie de gravuras que ilustra o mais importante poema abolicionista do poeta do povo e dos negros todo tipo de violência sofrida por aqueles que foram arrancados do seio de sua Africa e trazidos através do Atlântico para um desumano Brasil, como relata o texto curatorial da exposição ” a eloquência da sua fala, sem dúvida, descreve imagens inacreditáveis das violências extremadas que sofreram os africanos subjulgados na condição de escravizados. Protestando contra a desumanidade da condição escrava e denunciando o horror nos porões dos infames Tumbeiros (como eram chamados os navios negreiros). O autor invoca e conjura uma narrativa épico-dramática, que é construída a partir a partir da licença poética entra invenção e os fatos históricos”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A caravana da Exposição Navio Negreiro – Castro Alves & Hansen Bahia já passou pelas cidades de Salvador, São Francisco do Conde, Santo Amaro da Purificação, Alagoinhas e Juazeiro, permanecendo em cada uma delas por volta de uma semana com dois dias de oficinas. Com publico diversificado, as oficinas tem reunido desde de alunos de ensino médio e superior a pessoas da terceira idade e pacientes da Apae (Alagoinhas), que sempre mostram grande interesse em aprender as técnicas abordadas nas oficinas.

Em Salvador a exposição foi montada no Foyer do Teatro Castro Alves entre os dias 09 e 19 de novembro de 2017 e as oficinas foram realizadas nos colégios de ensino médio Manoel Novais, no bairro do Canela, e Senhor do Bonfim, no bairro do Barris, bairro onde cresci. Na cidade de São Francisco do Conde tanto a exposição quanto as oficinas foram realizadas na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – Unilab, nos dias 21 e 25 de novembro de 2017. Em Santo Amaro da Purificação o local escolhido foi o Teatro Dona Canô nos dias 27 de novembro a 02 de dezembro de 2017 e contou com a presença de alunos do ensino fundamental e médio. Em Alagoinhas as atividades foram realizadas no Centro de Cultura de Alagoinhas entre os dias 04 e 12 de dezembro. Por fim a exposição e oficinas de Gravuras Navio Negreiro passou pela cidade de Juazeiro, no Norte da Bahia, onde a exposição foi montada no Centro Cultural João Gilberto e as oficinas foram realizadas no Ateliê de Gravuras da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf, com participação de alunos do curso de Licenciatura em Artes daquela universidade e da comunidade das cidades de Juazeiro e da vizinha Petrolina, que fica na margem oposta do São Francisco, já no estado de Pernambuco.

Agora na segunda etapa do projeto, a Exposição Navio Negreiro – Castro Alves & Hansen Bahia passará pelas cidades de Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista, Porto Seguro Ilhéus, Itabuna, Valença e, por fim, Cachoeira no início do mês de maio de 2018. Veja a programação completa:

CidadeLocalAberturaEnceramentoOficinasHorários
Feira de
Santana
Centro de
Cultura Amélio
Amorim
06/01/1823/01/1822/01/18
23/01/18
Manhã/Tarde
Manhã
JequiéCentro de
Cultura ACM
27/01/1813/02/1829/01/18
30/01/18
Manhã/Tarde
Manhã
Vitória da
Conquista
(Re)Conquista
Memorial
Governador
Regis Pacheco
17/02/1804/03/1801/03/18
02/03/18
Manhã/Tarde
Manhã
Porto SeguroCentro de
Cultura de
Porto Seguro
09/03/1818/03/1815/03/18
16/03/18
Manhã/Tarde
Manhã
IlhéusTeatro
Municipal de
Ilhéus
23/03/1801/04/1829/03/18
30/03/18
Manhã/Tarde
Manhã
ItabunaCentro de
Cultura
Adonitas Filho
06/04/1816/04/1812/04/18
13/04/18
Manhã/Tarde
Manhã
ValençaCentro de
Cultura Yeda
Barradas
20/04/1829/04/1826/04/18
27/04/18
Manhã/Tarde
Manhã

A exposição Navio Negreiro – Castro Alves & Hansen Bahia é uma realização do Centro de Memória da Bahia, uma unidade da Fundação Pedro Calmon (SECULT-BA) e é fruto de emenda parlamentar proposta pela Senadora Lídice da Mata através do Ministério da Cultura e conta com apoio  da Fundação Hansen Bahia. A curadoria da exposição é de Ayrson Heráclito, artista visual e professor do Curso de Bacharelado em Artes Visuais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Conta ainda com a coordenação de Walter Silva, assistência de produção de Diego Santoro e montagem de Anderson Ferreira. As oficinas são ministradas por Zimaldo Bactéria.

Gravura em Oferta

Recentes Atualizações do Blog

Instagram

Blog

Obras

Gravuras

Textos

Gravura da Semana Preço Promocional

Sobre o Artista

Bactéria

Bactéria

Publicitário, designer e artista visual baiano. Libertário por natureza.

Links Pessoais

Serviços verificados

Visualizar Perfil Completo →

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: